6 manobras de spin no Wakeboard para você sair rodando!

Tá pronto para sair girando? Conheça 6 manobras de spin!

Manobras de spin são aquelas em que o rider gira enquanto está no ar. Manobras com spin normalmente são as mais divertidas e expressivas no wakeboard! Portanto, reunimos aqui 6 manobras de spin básicas para você conhecer e começar a praticar. Se liga:

180

O spin mais básico de todos, o giro de 180˚ é aquele em que o rider basicamente troca de base no ar. Ao entrar em um kicker (ou mesmo na superfície da água), gire o seu quadril mudando o seu pé da frente. Pronto, você fez um 180!

TS FS 180

360

Um giro completo! O 360 são dois 180 encadeados. Aqui, há uma passada de handle pelas costas do rider.

TS FS 360

540

Um 360 + um 180! Deu um giro completo? Então emende mais um 180 e caia de costas para a frente.

720

Dois giros completos. 360 + 360, são duas passadas de handle pelas costas. Quem popularizou esse movimento foi Scott Byerly.

900

360 + 360 + 180. Esse aqui é para dar tontura mesmo! O primeiro rider a acertar essa manobra em uma competição foi Dan Shapiro.

1080

A verdadeira roleta humana. três giros completos, três passadas de handle. Requer muita velocidade, muita agilidade e nada de labirintite. O primeiro rider a acertar essa manobra foi Parks Bonifay.

 

VARIAÇÕES

São elementos que provocam variações na forma de execução dos giros. Segue a lista:

Backside

Um spin backside é o giro em que o rider dá as costas para a frente primeiro. Para exemplificar: um rider regular gira para a direita para fazer uma rotação backside.

Backside Surface 360

Frontside

O oposto de backside. É o giro em que o rider dá o peito para a frente primeiro.

Frontside Surface 360

Baller

Este é um termo usado para quando o rider faz a passagem do handle (handle pass) no giro por entre as pernas. Parks e Shane Bonifay inventaram isso.

Flatline spin

Quando o rider faz o spin sobre a corda, sem passar o handle de uma mão para a outra.

Off-axis

Todo giro que sai do eixo vertical é considerado off-axis (fora do eixo). Normalmente, esses giros são feitos com uma inclinação que faz a prancha ficar no nível do ombro ou mais inclinada.

Osmosis

Todo spin que envolva soltar o handle no ar, ou arremessar o handle de uma mão para a outra ao invés de trocar, é um spin com osmosis. Inventado por Shaun Murray.

Rewind

Um spin em que o rider faz voltas para um lado e depois uma volta em direção contrária para retornar à sua posição original. Imagine um 540 para a direita + 180 para a esquerda. Isso seria um 540 rewind.

Shifty

A prancha é deslocada 90 graus em uma direção e, em seguida, volta na direção oposta.

Blind

O rider aterrissa com a corda enrolada nas costas, ao invés de fazer o handle pass para a sua mão da frente.

Wrapped

Quando o rider enrola a corda nas costas enquanto anda para executar uma manobra. Isso permite que o rider gire sem fazer um handle pass. Isso também permite certos grabs que geralmente não podem ser feitos com um handle pass.

VALORES DA ATIVIDADE

Para o uso da nossa atividade, trabalhamos com a venda de hora cable park (wakeboard), não trabalhamos com 2 horas na sequência. O valor da hora adicional é diferenciada! Inclui equipamentos básicos (prancha iniciante e colete salva-vidas).

1 HORA DE WAKEBOARD
R$ 70POR PESSOA
HORA ADICIONAL
R$ 35POR PESSOA

QUERO COMPRAR O INGRESSO ONLINE, AGORA!

VISITE NOSSA LOJA ONLINE

Comentários

Comentários