Você conhece o Wakeskate?

Você já deve ter ouvido falar, mas será que você sabe o que é?

Wakeskate é o irmão gêmeo do wakeboard e primo do skateboard. É como o wakeboard, mas com a diferença de que você não fica preso à prancha de nenhuma forma.

O wakeskate é fácil de imaginar como sendo um híbrido de wakeboard com skateboard. Wakeskates são arredondados e possuem 1 metro de comprimento em média, o que é menor do que um wakeboard mas consideravelmente maior do que um skate. São cobertos por uma lixa grossa ou espuma EVA, pois isso aumenta a aderência do rider à prancha. Eles podem ser encontrados em todas as cores e desenhos. Algumas das principais marcas que distribuem e vendem wakeskates são Byerly, Hyperlite, Ronix e Liquid Force.

Breve história do wakeskate

O espírito do wakeskate começou a surgir no início dos anos 70. Os riders andavam atrás de barcos com longas pranchas de surf. Adaptações começaram a ser feitas e as pranchas logo começaram a ficar menores do que as pranchas de surf. Era o nascimento de uma nova tendência: o wakeboard. Depois, com o surgimento efetivo e comercial das pranchas de wakeboard, alguns skatistas começaram a adaptar as pranchas colocando lixas em sua superfície para poderem praticar “skate na água”.

Wakeskate logo ganhou força entre o público mais jovem. Hoje é praticado em qualquer cable park e é popular em todo o mundo, especialmente em seu país de origem: os Estados Unidos.

Como funciona o wakeskate?

Sapatos

Sapatos são um aspecto importante do wakeskate. Caso ele seja coberto por EVA, dá para andar descalço sem desconforto algum. Mas se for lixa, é altamente recomendado que você use sapatos. Você andaria de skate descalço? Não seria muito confortável, então aqui a lógica é a mesma. No geral, você pode usar um velho par de tênis se estiver apenas começando a treinar. Conforme você vai evoluindo no esporte, é melhor investir em um tênis de skate ou um próprio para wakeskate.

Ficando de pé em um wakeskate

Tal como acontece com todos os outros esportes aquáticos, você precisará ficar de pé sobre o wakeskate. Coloque a prancha sobre a água e apoie os dois pés sobre ela, empurrando o wakeskate com os calcanhares para que a sua lateral fique ligeiramente submersa. Assim que o cabo tensionar, pressione bem o seu pé de trás, fazendo peso, e mantenha a frente da prancha apenas ligeiramente fora da água.

Os prós e contras do wakeskate

Prós

  • O Wakeskate proporciona mais sensação de liberdade, já que a prancha não está presa em seus pés. Se você é um skatista, você será capaz de se adaptar a este esporte e mostrar suas habilidades;
  • Embora você não esteja preso à prancha, o esporte é seguro;
  • Wakeskates são leves e pequenos. Carregá-los e armazená-los não é um desafio.

Contras

  • Você deve aprender a manter o equilíbrio quando estiver andando. Sem os bindings te segurando à prancha, você irá cair muito mais no início;
  • Andando em um wakeskate coberto de lixa, o uso de tênis se torna obrigatório. Para alguma pessoas isso pode ser desconfortável.

VALORES DA ATIVIDADE

Para o uso da nossa atividade, trabalhamos com a venda de hora cable park (wakeboard), não trabalhamos com 2 horas na sequência. O valor da hora adicional é diferenciada! Inclui equipamentos básicos (prancha iniciante e colete salva-vidas).

1 HORA DE WAKEBOARD
R$ 70POR PESSOA
HORA ADICIONAL
R$ 35POR PESSOA

QUERO COMPRAR O INGRESSO ONLINE, AGORA!

VISITE NOSSA LOJA ONLINE

Comentários

Comentários